Associações

IAB Instituto dos Advogados Brasileiros

Membro da Comissão de Direito Civil
O Instituto dos Advogados Brasileiros foi criado poucos anos após a Independência do Brasil (em 1843), num momento em que o Brasil precisava se organizar como um Estado soberano e afirmar valores de nacionalidade. Além disso, era necessário organizar aqueles que iriam dirigir o futuro do novo País, em especial, os advogados. Os advogados de então atuavam tanto nas questões ainda hoje imprescindíveis, quanto na política e ainda, na difícil tarefa de redação de todas as leis que substituiriam gradativamente a legislação portuguesa, à época, ainda em vigor. Os primeiros cursos de Direito foram criados em 1827; assim, desde o final de 1831 já existiam advogados formados em território nacional.
O IAB tem atuado tanto junto aos Poderes da República, em especial no Legislativo, contribuindo com pareceres sobre os projetos de leis, bem como colaborando com as diferentes Comissões legislativas que por vezes solicitam a experiência e o conhecimento acumulado do Instituto. Também, na esfera do ensino jurídico, com debates e mesmo a criação de entidades para atuarem especificamente neste campo, como é o caso da ABEDI (Associação Brasileira de Ensino do Direito), nascida durante um seminário de uma das Comissões do IAB, em 2001.
Embora o IAB possua sede na cidade do Rio de Janeiro - pois desde a Independência e até 1960 o Rio era a capital política do Brasil - o Instituto tem âmbito nacional, e os diferentes Institutos de Advogados nos entes federados são entidades parceiras do IAB. Não são filiados ou seccionais, como na OAB, mas atuam em colaboração e parceria com o IAB.

IBDCivil - Instituto Brasileiro de Direito Civil

Associada
Criado em 13 de novembro de 2012 pelos Professores Gustavo Tepedino, Luis Edson Fachin e Paulo Luis Neto Lobo, o IBDCivil visa a criação de um locus privilegiado para pensar, debater e construir o direito civil contemporâneo a luz da legalidade constitucional, comprometido com a compatibilização das fontes normativas, com o desenvolvimento de soluções hermenêuticas e propostas doutrinárias direcionadas a harmonização dos núcleos de regulamentação jurídica da atividade privada, bem como com a investigação de modelos jurídicos, no direito brasileiro e comparado, aptos a disciplinar as relações jurídicas e conferir segurança ao tráfego negocial.
Estruturado como associação, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos nem filiação partidária, o Instituto Brasileiro de Direito Civil - IBDCivil pretende ampla atuação nacional, sem descurar de inserções regionais e estaduais, por meio de suas diretorias.
São objetivos do IBDCivil a promoção periódica de palestras e congressos; a oferta de cursos de especialização ou atualização; a realização de pesquisas e o desenvolvimento de estudos, consolidados em bancos de dados, relatórios, revista especializada, newsletter eletrônica exclusiva para os associados e publicações com selo editorial próprio; a prestação de consultoria, pro bono; a constituição de um centro de documentação e a atuação como amicus curiae, sendo, todavia, vedada a utilização do IBDCivil para a defesa, em juízo, de interesses difusos, coletivos e individuais homogêneos, bem como de quaisquer outros que não sejam inerentes aos seus fins sociais.

Association Henri Capitant

Associada

A Associação Henri Capitant tem como atividades a promoção da cultura jurídica francesa. Divulgando informações relativas às diversas atividades da Associação para promoção da cultura jurídica francesa e, mais genericamente, da cultura jurídica romana, divulgando os seus resultados através da organização de Jornais dos Encontros.

The International Society of Family Law

Associada

The International Society of Family Law, ISFL é uma organização internacional dedicada ao estudo e discussão dos problemas jurídicos da família. Até julho de 2005 a Sociedade tinha mais de 570 membros (estudantes, advogados, funcionários públicos e outros profissionais) em 60 países diferentes ao redor do mundo. Inglês e Francês são as línguas oficiais da Sociedade. Associada desde dezembro de 1998.

Texto original do siteThe International Society of Family Law is an international scholarly organization dedicated to the study and discussion of problems of family law. At present (July 2005) the Society has more than 570 members (scholars, lawyers, government officials, and other professionals) in 60 different countries around the world. English and French are the official languages of the Society.

Sociedade de Bioética do Rio de Janeiro

Conselho Fiscal

A Sociedade de Bioética do Estado do Rio de Janeiro (SBRio) – Regional da Sociedade Brasileira de Bioética (SBB) - compartilha os mesmos objetivos da SBB , pois visa a integração e o diálogo entre todos os que se interessam por esse ramo da filosofia moral aplicada aos aspectos éticos das práticas humanas que podem ter efeitos irreversíveis significativos no âmbito da vida e da saúde de indivíduos e populações humanas, assim como sobre o bem-estar humanos e a qualidade do ambiente natural.

Instituto Brasileiro de Direito de Família

Associada

Instituto Brasileiro de Direito de Família – IBDFAM completou, em 2007, dez anos de atuação e intervenção no campo do Direito de Família brasileiro. Foi criado, durante o I Congresso Brasileiro de Direito de Família, em Belo Horizonte (MG), a partir da reunião de um grupo de estudiosos nessa área do Direito tendo como objetivo mudar o tratamento e as disposições sobre ela. Associada desde julho/1988.

Projeto Ghente

Conselheira

Projeto Ghente é um  espaço de informação e de debate social, que reúne  pensadores das ciências biológicas, sociais e humanas para  discutir as implicações das modernas biotecnologias na área da saúde. Interagem instituições de pesquisa e de ensino,organizações governamentais e não governamentais, legislativo e a sociedade. O principal objetivo do Projeto Ghente é difundir informações e incentivar o debate para contribuir no aprimoramento de políticas públicas em saúde.

Clonagem, Células-tronco, Reprodução Assistida, Farmacogenética, Patentes Biotecnológicas, Bioética, Ética em pesquisa, Nanobiotecnologia e Genoma Humano são temas  que fazem parte do dia-a-dia das discussões.